quinta-feira, abril 04, 2013

Imagine Belieber Hot I

Você tem 16 anos e era melhor amiga de Ryan. Certo dia ele chegou e disse que você faria uma viagem no dia do seu aniversário, que estava preste a chegar e você como é super ansiosa, ficou a espera dessa tal viagem muito nervosa, ficava planejando cada segundo do seu momento lá no lugar que ele te levaria.. Antes da viagem, você tinha feito, unha, cabelo, principalmente as malas e o que não podia faltar era o seu iPhone 5 com a música do JB.
(Chegou de manhã) 
Pela sexta vez meu telefone toca.

*Ligação on*
Ryan: Bom dia, guria, já levantou?
Eu: São que horas? E eu ainda não levantei, você me acordou!
Ryan: Falta apenas uma hora e meia pra você se arrumar e vir pro aeroporto.
Eu: Ai meu Deus! Eu não posso me atrasar, por que você não me ligou mais cedo? (Disse dando um pulo da cama e correndo para o banheiro)
Ryan: Eu liguei mais de cinco vezes, SEU NOME.
Eu: Eu não escutei. Eu vou desligar, tomar banho e daqui a pouco eu to ai, beijos!
Ryan: Ok, estou te esperando!
*Ligação off*

Eu tomei um banho super rápido pra não se atrasar mais ainda, me enrolei na toalha e desci as escadas correndo. Chegando na cozinha minha mãe já tinha preparado meu café.

Mãe: Bom dia, filha! Ta muito animada pra hoje?
Eu: Bom dia, mãe. To sim e também estou super atrasada pra hoje. (risos)
Mãe: Então se apresse logo que eu vou ligar o carro para espera a senhorita!
Eu: Ta bom, eu vou lá em cima por a roupa e já desço.

Assim que acabei de tomar o café, subi rapidamente e fui separar as minhas coisas e gritei a minha mãe pra ela subir e pegar as coisas. Enquanto eu me arrumava no banheiro. Quando sai, eu estava com está roupa:



Minha mãe já estava me gritando, falando que eu iria me atrasar. Então, eu passei uma maquiagem rapidinho e desci. Entramos no carro e fomos para o aeroporto.. Assim que chegamos, minha mãe estacionou o carro e eu fui logo procurar o Ryan, quando eu encontrei, andei um pouco rápido até ele e ele estava vestido assim:

Eu: Ry, cheguei!
Ryan: Demorou, hein! Já tava indo sem você
Eu: Duvido que você me deixaria aqui, você me ama, garoto.
(Rimos)
Ryan: É verdade, eu não te deixaria aqui.
Eu: Vem cá ajudar a pegar as minhas malas!
Ryan: Malas? Guria, vamos ficar lá só 1 mês e precisa de "malas"?!
Eu: É, garoto, sou uma menina e preciso trocar as roupas em todas as exceções!
Ryan: Ta bom, vamos lá, madame.
O abracei:

Fomos até o carro da minha mãe, e os apresentei. O Ryan foi super educado e disse pra minha mãe que iria tomar conta de mim direito.

Eu sussurrei: Como sempre chato!
Ryan e mãe: O que foi, SEU NOME?
Eu: Só disse que estou animada! Vamos, Ryan?
Ryan: Vamos! Tchau, NOME DA SUA MÃE.
Eu: Tchau, mãe, até daqui a um mês. Eu te amo!
Mãe: Tchau, Ryan, cuida bem dela, por favor. Tchau filha, boa viagem, eu também te amo!

Ele pegou um carrinho e colocou as nossas coisas juntas, e eu ficava olhando o aeroporto inteiro, olhava para todos os lados, todos os detalhes.. Então me senti sendo puxada pelo braço e fiquei um pouco com medo, me virei rapidamente, Ryan estava me olhando com um olhar fofo e sincero.

Eu: O que foi? Você me deu um susto, godo!
Ryan: Nada, só queria dizer que você ficou linda.
(Eu dei um leve sorriso envergonhado)
Eu: Ah, obrigada, godo, você também ta lindo. 
(Ele sorriu)
Ryan: Vamos, ir fazer o check-in, chata?!
Eu: Vamos, godo. Mas pra onde vamos?
Ryan: É surpresa, deixa de ser chata, cara.

Então lá fomos fazer o check-in. A fila estava um pouco grande e faltava alguns minutos pra o avião ir embora sem a gente. Eu fique imaginando como seria o lugar onde ficaríamos. E por um momento que eu fiquei pensando, a fila foi rápida, fiquei um pouco surpreendida com isso, acho que dá próxima vez que for fazer outra coisa, vou ficar pensando na minha vida, pra ver se passa as coisas rápido! Soltei uma risada e o Ryan ficou me olhando.

Ryan: Vem, garota maluca.
(Ele disse me puxando pra perto do balcão do check-in)
Eu: Ai, Ryan, devagar, seu ogro.
Ryan: Desculpa, chata, mas se demorarmos mais, vamos perder o avião e você não quer isso, certo?
Eu: Não, eu não quero isso!
Ryan: Eu esperava que você iria dizer isso!
Eu: Vou ficar te esperando ali do lado, tá?
(Eu falava isso quanto entregava os meus documentos para ele e a autorização pra viajar)
Ryan: Ta bom, chata!

Enquanto estava saindo escutei a moça que estava atendendo o Ryan falando "Bahamas, senhor?!". A minha vontade era de começar a grita e pular no colo dele, mas ele tinha que ter certeza que eu não sabia de nada, então continue na minha e fazendo perguntas onde íamos, como se não soubesse de nada. Fomos andando até os portões e entramos.  Lá procuramos o gate para entrarmos logo no avião. Ryan deu as passagem para a mulher e ela confirmou que estava tudo certo, fomos andando pelo "corredor" que leva até a porta do avião, entrei primeiro e logo em seguida Ryan entrou, sentamos e ficamos esperando. Por uns 5 minutos o avião começou a encher e eu pensei deve ser pra um lugar aqui no Brasil, pra esse tanto de gente. A aeromoça deu as instruções, falou o tempo da viagem e logo em seguida disse "Bahamas". Por um momento eu pirei, eu comecei a rir.

Eu: Você não pode estar falando sério!
Ryan: Mas eu estou. Você vai conhecer o JB.
(Eu gritei dentro no avião)
Eu: Meu Deus, não vejo a hora de ver ele de perto, caramba!
Ryan: Você vai ver ele todas as manhãs, chata.
(Dei mais um grito dentro do avião)
Eu: Não acredito! To sem palavras. Meu Deus, obrigada, Ryan, eu te amo muito muito muito, não só por isso, por você ser meu melhor amigo!
Ryan: Já chega de zona dentro do avião, SEU NOME, não precisa agradecer, agora fica calada, porque é muitas horas e não quero escutar sua voz.
Eu: Ta bom, godo.

Fiquei calada a viagem inteira escutando as músicas do Justin, e depois de muitas horas de voo, eu não conseguir mais ficar queita e tive que acorda o Ryan empurrei até acordar ele.

Eu: Ryan,
Ryan: Oi, chata!
Eu: Vai demorar muito?
Ryan: Acho que não, chata, daqui a pouco vamos chegar!
Eu: Eu to aflita aqui, poxa.
(Ele rir da minha cara)
Ryan: Isso que é fã, Jesus.
Eu: Cala a boca, garoto.

Escutei a aeromoça falando que íamos pousar, fiquei mais nervosa ainda e meus pensamentos era muitos, eu não parava de pensar em como conhecer o Justin Bieber. Fiquei imaginando aquele sorriso lindo que ele tem, tipo, meu Deus, eu, SEU NOME, vou conhecer o Justin Bieber de perto, isso só pode ser um sonho. Me perdi em meus pensamentos até sentir algo me cutucar e uma voz de fundo "anda, guria". Olhei pro Ryan e levantei as pressas. Saímos do avião, pegamos as nossas malas e fomos direto para o carro que nos esperava. Chegando a saída do aeroporto, estava Kenny com um cartaz "Ryan Butler e SEU NOME". Caminhamos em direção ao carro, entramos e fomos até a casa de férias do Justin. Chegamos lá, eu e o Ryan saímos do carro e assim que entramos na casa do Justin..

2 comentários: